Visite o site da CUT Visite o site da UITA
 

História

 

 

Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação, Agroindústria, Cooperativas de Cereais e Assalariados Rurais (Contac) é uma confederação orgânica à CUT, que organiza os trabalhadores das fábricas e assalariados rurais. É filiada à União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação (UITA). Fundada em maio de 1994, durante o 1º Congresso Nacional dos Trabalhadores da Alimentação Cutista, realizado na cidade de Viamão no RS, a Contac tem como meta a organização dos trabalhadores em toda a Cadeia Produtiva do setor alimentar. O Projeto " Da Terra ao Prato" resume perfeitamente seus objetivos: reunir trabalhadores assalariados rurais e trabalhadores das fábricas dentro da mesma confederação.

A Contac tem como preocupações a elevação da qualidade de vida dos trabalhadores do setor e seus familiares, defende a erradicação do trabalho escravo no campo e do trabalho infantil, além da defesa intransigente da qualidade dos alimentos, afinal são os trabalhadores da alimentação que os produzem e os manufaturam.

Participaram do congresso de fundação da Contac, cinco federações (Federação dos Trabalhadores nas Industrias da Alimentação dos Estados do: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Bahia e da Federação dos Trabalhadores da Indústria da Cerveja), também participaram da fundação da contac 60 sindicatos cutistas distribuídos em 10 Estados.

A Contac tornou-se orgânica à CUT, um ano após a sua fundação, já que a Central, até àquele momento, ainda não havia aprofundado o debate sobre confederações orgânicas.Mas, a história da Contac não começa em 1994. Já em 1979, antes mesmo da fudação da CUT, os trabalhadores da indústria da alimentação iniciavam conversações para dar início à sua organização em nível nacional, e até internacional.

 

Apesar da Ditadura

Em 1979, em pleno regime militar em toda América Latina, a União Internacional dos Trabalhadores da Alimentação (UITA) realizou, em Porto Alegre, RS, sua 7ª Conferência Latino-americana. Uma das principais resoluções é a aplicação de um Projeto de Formação Sindical no Brasil com o objetivo de conscientizar e organizar os trabalhadores da alimentação, na perspectiva da "liberdade e da autonomia sindical". A UITA se vale dos métodos de formação da LO (central sindical da Suécia) que consistia na realização de seminários de Coordenadores de Círculos de Estudos.

Enquanto isso, no Rio Grande do Sul, os sindicalistas aprovam mudanças nos Estatutos da Federação Estadual para oficializar o investimento de 10% do total da arrecadação em programas de formação. O atual presidente da Contac, Siderlei Oliveira, é nomeado coordenador do Programa.

Após realizar vários cursos com dirigentes da LO (central sindical da Suécia), e a partir das experiências da Federação dos Trabalhadores da Alimentação do Rio Grande do Sul, o Programa de Formação da UITA é estendido para todo o setor da alimentação no Brasil. Siderlei Oliveira é nomeado pela UITA Coordenador Nacional do Programa de Formação Sindical. Nesse momento, espalha-se pelo país, a necessidade da criação de uma organização nacional da alimentação.

 

Comissões Nacionais

Fruto do esforço coletivo, surgem, então, as primeiras comissões nacionais organizadas. A primeira, é a Comissão Nacional da Bebida, que já negociava acordos nacionais. Em seguida, surgiram as comissões nacionais do Frango, da Carne, dos Cereais e dos Laticínios.

O Programa é cada vez mais vitorioso. De um lado, o projeto "Negociação com Organização", lançado pelos Coordenadores de Círculo de Estudos, assegura o seu sucesso em todo o país, na medida em que prepara trabalhadores, desde a base, para futuras coordenações de formação, até às negociações nacionais. E, de outro, assegura a independência financeira com os 10% de toda a arrecadação dos sindicatos.

Dois importantes episódios aconteceram no início da década de 90 que foram determinantes para o surgimento da Contac. Em 1991, acontece uma grande greve nacional no setor de bebidas (cervejeiros). Foram 19 dias de paralisação que resultaram em importantes conquistas à categoria até hoje. E, em 1992, graças ao trabalho da Formação, a Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do Rio Grande do Sul, realiza pela primeira vez, fato até então inédito em todo o sistema CUT, eleições diretas para a direção da entidade. O presidente eleito é Siderlei de Oliveira.

 

Surge a Contac

As comissões setoriais se fortalecem, fecham acordos, preparam e realizam greves. Estava na hora de construir uma organização nacional dos trabalhadores da Alimentação. Surge, então, a Comissão Nacional da Alimentação da CUT, que realiza, em maio de 1994, no município de Viamão, RS, o Congresso de fundação da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Alimentação da CUT (Contac). Aqui, uma particularidade; contrariando o ritmo natural da organização das demais confederações da CUT, os trabalhadores da alimentação não passaram pela experiência da formação do Departamento, optando por formar a Confederação filiada, em primeiro lugar, para meses depois, na 1º Plenária Nacional da Contac, transformá-la em entidade orgânica à CUT.

A partir daí, a Contac assume as negociações salariais em nível nacional com a Perdigão (resultando numa grande greve, em 1996), com a Parmalat (quando fecha o primeiro acordo nacional, resultando na criação de comissões de fábricas em todas as unidades, em 1997).

 

Organizar a Cadeia Produtiva - Projeto Da Terra ao Prato

Acontece o segundo congresso nacional da Contac, nas dependências da Escola Sul, em Florianópolis, SC. Surgem os primeiros contornos dos princípios da "organização dos trabalhadores dentro da Cadeia Produtiva Alimentar. Nasce o Projeto da "Terra ao Prato". No ano seguinte, os trabalhos começam a dar resultados e a ser constituídos os primeiros sindicatos de trabalhadores assalariados rurais.

Outra iniciativa pioneira da Contac, em 1998, acontece o primeiro Seminário Nacional sobre os Transgênicos, evento que colocou a Contac na "vanguarda" deste assunto em todo o Brasil. Em 1999, o Sindicato dos Assalariados Rurais de Juazeiro, no Vale do São Francisco, BA, é o primeiro sindicato de assalariado rural a filiar-se à Contac.

 

Lugar de Assalariado Rural é na Contac

Com o início do novo milênio, novos rumos apontavam para a Contac. Após a excelente participação no 3º Congresso Nacional da Contac, encontro dos sindicatos de assalariados rurais não deixa dúvidas: "a confederação que representa os assalariados rurais no Brasil é a Contac", afirmam. Antes, o segmento era representado pela Contag, que na verdade é uma confederação de pequenos produtores rurais.

 

A Contac Cresce e Torna-se Referência

A Contac está organizada e atuante em todos os setores da alimentação. Realizou dezenas de encontros nacionais e internacionais, seminários, debates e etc sobre os mais diversos temas relacionados à alimentação. Foi pioneira no debate sobre a transgenia no País, tornando-se referência junto aos organismos internacionais e aos órgãos de defesa do consumidor e ambientalistas nacionais; tornou-se o "pé de apoio" dos trabalhadores da Parmalat, diante da crise que se abateu sobre a empresa italiana.

Tabulou negociações e fechou acordos nacionais importantes no setor de Carnes. Teve participação destacada durante a realização das edições do Fórum Social Mundial, levando o tema dos "transgênicos" ao conhecimento da população.

 

 

 

 
         
Institucional Interatividade Serviços Informações Comunique-se
História Galeria de Fotos Campanhas Alimentos & Saúde Cadastre-se
Diretoria Vídeos Acordos Coletivos Notícias Fale Conosco
  Links Importantes   Boletim  
  Agenda   Curiosidades  
         

Todos os Direitos Reservados © CONTAC - Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação
Rua Caetano Pinto, 575 - Bairro Brás - São Paulo / SP - +55 11 2108 9309 - ramais 196/197

Criado pela Etrog Digital